domingo, 8 de fevereiro de 2009

Por Falar De Amor, Onde Está Você

Por falar de amor, onde está você
Toda doce, gracinha, onde está você
Falar de amor, falo, mas olho mais, mais pra te ver

Nunca foi, nunca fui, mas tenho o tempo pra prever
Amor em folhas, amor em esperança, em criança
Amor ao boi, amor que flui, amor yo soy, amor seduz
Amar em par, amar no bar, amar e não estudar, ah mar...

Amar nos dói
Amar constrói
Amar em solidão, em paixão platônica
Amar bossa nova, samba, mpb e eletrônica

Falo aos poucos, um pouco de tudo
Mas é quando eu falo o quanto amo
Que entendo quanto amor possuo
E se me gosto e me assusto

Em ti me posto e protejo as guardas tuas
E todo carinho que à esta ninfa esmero
Se fará sentir, amor, contração maior e arrepio
Divisão de tudo na vida em sua função

Falar em amor, já falei
Amor é que se diga, mas o belo é que se faça
Amo e pergunto, amo e te peço, para mim

Eu te quero, amor não nego
To perto, do absoluto
Amor completo

Acordei amando
E amando te achei
Mas alguma coisa acontece
E meu coração surta, desobedece

Fica louco, faz qualquer jogo
E numa dessas noites você aparece
Toda leve, ainda não me conhece
Rainha da colônia da minha espécie

Ama nua, de flor em flor
Elogios e loucuras
Mais as noites de verão

São tortas, como portas, como notas
Ou derrotas
A memória

Essa senhora da história
Em recaídas ou em glórias
Mas em ti eu vi, minha maior vitória

Estranhos, em flagrantes rebanhos
Pelos cantos se aglomerando
Não compõe imagem, não agem, alguma outra viagem

Rebelar-se-á

E uma cachoeira de emoções já terá percorrido nosso mundo
No momento após em que algum de nós, calar
Desse amor pelo qual fico dias sem falar
E que já falo sem poder explicar



25/01/09

4 comentários:

Isabel Zambrotti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Então finalmente descubro seu nome, é Teo Petri... Como eu não sabia! Até amigo incomum nós temos... mas sim, foi no carnaval de 2008 que eu enlouqueci com aquele cabelo lindo, o mais estiloso que eu já encontrei em Paraty e quem diria que em 2009, lá estaria você novamente com o cabelo(rs) e lindo como sempre deve ter sido pelo menos pra mim...

Jeri disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jeri disse...

Teo...amigo, perfeito! amei...isso ai, continue assim!
bjao...saudades!